Mais uma vez os funcionários públicos lotados  da Secretaria da Fazenda estão promovendo nova paralisação na DAT – Norte – Diretoria Administrativa Tributária, que abrange desde Feira de Santana a Juazeiro, com uma pauta que varia desde a realização de concurso público, com alinhamento de carreiras, até um projeto próprio da instituição que vise agilizar as fiscalizações no Estado.

A fiscalização nas fronteiras tem sido defasadas em virtude da falta de efetivo na Bahia, para tanto está sendo solicitado do Governo a abertura de novas vagas para que os fiscais intensifiquem ainda mais suas funções e diminua o contrabando de mercadorias dentre outras coisas.

“Nossa reivindicação principal é a realização do concurso público, nós precisamos realizar já que o último foi realizado em 1987, há 30 anos, nós temos um quadro de servidores, onde 40% estão prestes a se aposentar, e ainda são heróis e se dedicam, e se predispõe a trabalhar até cinco, seis anos, falo em meu nome”, disse João Carlos Bernardes (Biro – Biro).

Com a paralisação não estão sendo realizados os serviços de emissão de certidões, de documento de arrecadação de tributos nos bancos, e até formatação de processos de inventários e nem protocolação na recepção destes procedimento.

Somente a partir das 07h00min desta quarta-feira (08), os serviços voltarão as suas rotinas normais, mesmo com advertência de se não houver avanços outras duas paralisações ainda ocorrerão ao longo do final do ano,nas DAT’s Sul e Metro.

Blog do Netto Maravilha